banner_dominicanas1 banner_dominicanas2 banner_dominicanas3 banner_dominicanas4 banner_dominicanas5 banner_dominicanas6 banner_dominicanas7

LEA: Resumo do encontro Nº. 52

No dia 28 de abril de 2018 realizou-se o Encontro nº 52 do GRUPO LEIGOS EM ASCENSÃO - GRUPO LEA, na casa provincial, integrando-se assim, nas Celebrações dos 100 anos da Congregação.

Da parte do Grupo estiveram presentes: Sílvio, Rita e as suas duas filhas Aurora e Guiomar; Luís e Xana, com o seu pequenino Henrique; estiveram pela primeira vez a Fátima Fernandes e o Rodrigo; o Tó e a sua esposa Lurdes. Depois: Ana Palmar, Faty (Fátima), Lena Amado, Cristina, Ana Margarida, Arminda, Conceição (Bia). Os não presentes justificaram todos a razão da sua ausência.

Na reflexão da manhã participaram também, as Irmãs da Comunidade do Bairro e quase todas as Irmãs da Casa que nos acolhia

O Encontro começou com a oração própria do Grupo, aos nossos Fundadores, e de imediato entrou-se no Tema da Eucaristia, previsto para este Encontro. Começou com a partilha de algumas experiências/vivências que alguns membros do Grupo tinham sobre a Eucaristia. Foi um momento vivo e muito interessante e levou-nos à conclusão que a  participação em "Comunidade", o levar a vida para a celebração e a celebração para a vida, estão sempre presentes nas "memórias" positivas apresentadas.

O Fr. Junito OP, que tinha sido o convidado para nos orientar a reflexão da manhã, começou a mesma dizendo que a partilha, o ambiente que estava a acontecer na sala/grupo, que formava um grande círculo, era um requisito fundamental para qualquer celebração da Eucaristia: as pessoas conhecerem-se, partilharem, interessarem-se umas pelas outras, pelos acontecimentos da vida. O tempo avançava e foi curto aquele que o Fr. Junito dispunha. Do que ele disse regista-se, sobretudo, o seguinte: Que a estrutura da celebração eucarística das primeiras comunidades cristãs era, precisamente o que se estava a viver naquele momento no nosso encontro e só depois se fazia a" fração do Pão". Só mais tarde a Igreja adotou o esquema atual das nossas celebrações eucarísticas. Falou depois das duas grandes partes importantes da Eucaristia: a Palavra e a repetição, pelo Presbítero, das palavras, mais ou menos textuais de Jesus, quando na última Ceia institui a Eucaristia. Estas palavras são o essencial da Eucaristia, não podendo ser alteradas, nem substituídas o que não acontece com as restantes partes da Missa.  

Ao chegar a hora da Celebração da Eucaristia viu-se, por tudo o que foi dito atrás, que esta Celebração deveria ter lugar no mesmo local onde estávamos e, por isso, não nos deslocámos para a Capela.

O almoço partilhado foi muito rico em quantidade, qualidade e variedade. O  convívio foi animado.

A parte da Tarde iniciou-se com o Hino do Grupo, da autoria do João Pedro Mendonça, e com a apresentação do vídeo do Papa Francisco em Puerto Maldonado, no momento em que a nossa Coordenadora Geral, acompanhada de outra Irmã nossa e de algum Dominicano oferecem o quadro dos nossos Fundadores ao Papa. Por ser a véspera da festa de Santa Catarina de Sena, foi também passado um power-point com o poema a Ela dedicado e feito pelo Fr. Bento OP.

Ao planificar-se o próximo Encontro decidiu que: 1. será no dia 17 de novembro e, em princípio, - dependendo do tempo - será no Loureiro (Coimbra) na casa da Lena Amado. 2. Vai continuar-se com o Tema da Eucaristia e para isso foi solicitado que a Ir. Deolinda dividisse as diferentes partes da Eucaristia e as enviasse ao Grupo, para cada um escolher a parte que quer preparar, para no próximo Encontro a apresentar e explicar ao Grupo o seu significado, fazendo-o duma maneira viva e se possível concretizada.

Deslocámo-nos todos depois para a nova casa das Irmãs do Bairro que agora se situa na Damaia. A visita foi animada e acompanhada de lanche e convívio.

Foi um dia lindo e bem cheio.

Ir. Deolinda Rodrigues

 

 

 

 

Fotogalerias

Bairro 6 de Maio
Colégio Flori
Exposição missionária
Festa padroeiro
Capítulo
Fundadores
Mocambizade
Peregrinação Fátima
Retratos de Família
Semana Santa Moçambique